Durante a Sessão Plenária na Câmara Legislativa, o deputado Raimundo Ribeiro usou a tribuna para denunciar os valores que serão gastos pelo Governo de Brasília com a realização do Reveilón na Esplanada dos Ministérios, que terá um custo para os cofres de R$ 962.197,49.

Revoltado, o parlamentar criticou a omissão do governador que se negou a fornecer medicação a um paciente que está com câncer e lutando para conseguir o remédio. “Essa pessoa poderá morrer se não fizer uso desse medicamento e o GDF, que em obrigação de fornecer, não providenciou a compra alegando a falta de recursos (…) Mas qual é a prioridade desse governo? Salvar uma vida com um remédio que custa R$ 26 mil reais ou gastar R$ 300 mil para ouvir Alcione?”

O paciente em questão é o morador de Santa Maria Domingos Arruda de Sá que a meses está na luta pela aquisição desse medicamento, inclusive com o deferimento de uma liminar em seu favor para que o Governo faça a compra.

Raimundo Ribeiro tomou conhecimento da situação do morador ao interagir de forma efusiva em um grupo do aplicativo WhatsApp da cidade e, de me imediato, se colocou à disposição para ajudar no que fosse possível. Ainda no grupo, os participantes parabenizaram a atenção e disposição do parlamentar ao se comprometer em ajudar o Sr.Domingos, ressaltando ainda a participação de outros parlamentares nesse mesmo grupo, mas todos se prostraram indiferentes à causa.