Mais água para produção rural de Vargem Bonita – Agência Brasília

0
110


As propriedades possuem cerca de quatro hectares de extensão cada e consomem, em média, 45 mil litros de água por dia. Foto: Renato Alves / Agência Brasília

A perda de água era um problema constante na vida dos produtores e agricultores do Núcleo Rural Vargem Bonita, localizado na região administrativa do Park Way. Durante quatro meses, o Governo do Distrito Federal (GDF) trabalhou para revitalizar o sistema de canais de abastecimento e resolver a demanda de 66 propriedades, beneficiando cerca de 200 famílias.

Nesta sexta-feira (2), o governador Ibaneis Rocha participou da entrega dos nove quilômetros de tubos de PVC que substituíram o antigo conjunto de manilha que foi construído há mais de 30 anos. O investimento foi de R$ 1 milhão, do Poder Executivo local e emendas parlamentares.

“Estamos trabalhando em todas as áreas rurais para garantir a segurança hídrica dessa população, principalmente para os pequenos agricultores e produtores. Até o final desta gestão teremos mais de 50 quilômetros de canais de irrigação”, adianta o chefe do Executivo local. “Precisamos fortalecer esses lugares para continuar gerando emprego e renda para essas pessoas e fornecendo alimentos para a população, principalmente aqueles mais carentes, como é o caso da Cesta Verde”, lembra Ibaneis Rocha.

Além de reduzir as perdas de água causadas pelo desgaste natural na tubulação de concreto antiga, a obra também garante a regularidade no abastecimento de todos os produtores e agricultores rurais da região. Cerca de 50% do volume de água que entrava no sistema antigo não chegava para os moradores.

“Eu conheço a realidade de quem viveu na área rural. Eu quero que as pessoas que se dedicam ao trabalho, que criam os seus filhos nas áreas rurais tenham a mesma dignidade daqueles das áreas urbanas”, destaca o governador. “É no período que não tem problema de água que temos que prevenir. Fazer esses canais trata exatamente disso. No período de fartura temos que cuidar para não termos problemas no futuro”, ressalta.

A região planta alface, agrião, coentro, salsinha e espinafre; e tubérculos, como berinjela, gengibre, inhame e batata-doce. Foto: Renato Alves / Agência Brasília

O secretário da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, Candido Teles, explica que o sistema antigo foi todo retirado e o atual tem maior durabilidade. “Também garante uma condução mais rápida da água para as propriedades. O abastecimento da região vem de uma represa construída entre o Park Way e a Fazenda Água Limpa, da Universidade de Brasília (UnB), que recebe água do Ribeirão do Gama”, informa.

As propriedades possuem cerca de quatro hectares de extensão cada e consomem, em média, 45 mil litros de água por dia na produção de hortaliças folhosas, como alface, agrião, coentro, salsinha e espinafre; e tubérculos, como berinjela, gengibre, inhame e batata-doce. Um dos beneficiados é Ezequiel Sousa, 53 anos.

Há 42 anos sendo produtor da Vargem Bonita, ele comemora a revitalização que tanto pedia. “Tínhamos um problema muito grande com a falta de água, principalmente neste período seco. Agora isso não vai mais acontecer e isso significa que teremos renda garantida todo ano, não importa como o clima está”, comemora.

Antônio Edson Guimarães, 65 anos, é presidente da Associação dos Chacareiros Adjacentes do Park Way. Ele também elogia a iniciativa do GDF. “Agora teremos água o ano inteiro, não haverá perdas ou roubos, como acontecia antigamente. Lutamos muito para que isso se tornasse realidade e esse dia chegou”, celebra o produtor.

Também participaram do evento o administrador do Park Way, Mauricio Tomaz; o secretário de Governo, José Humberto Pires; o presidente da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), Izídio Santos, além dos deputados da Câmara Legislativa (CLDF) João Hermeto, que destinou R$ 1,7 milhão de emendas parlamentares para a regularização e iluminação de escolas do núcleo; Roosevelt Vilela que designou R$ 810 mil para a região e a parlamentar federal Bia Kicis, que disponibilizou R$ 800 mil para o Parque Agropecuário de Brazlândia para saneamento básico.

Planaltina

Os investimentos nas áreas rurais do DF são constantes. Semana passada, o Núcleo Rural Santos Dumont, em Planaltina, também recebeu um novo canal de irrigação. Na primeira etapa da obra, iniciada em 2019, foram revitalizados os oito ramais secundários, que levam a água do canal principal para as propriedades rurais. Na segunda, foi revitalizado o ramal principal do canal, onde foram investidos R$ 3,2 milhões, mais R$ 1,8 milhão arrecadado pela cobrança do uso dos recursos hídricos, sendo esse último valor destinado pelo Comitê de Bacia do Paranaíba.

As obras no ramal principal e nos oito canais secundários do Santos Dumont vão contribuir na redução do índice de perdas de água na região e ampliar a disponibilidade hídrica para os produtores rurais e os moradores das cidades de Planaltina e de Sobradinho. Na revitalização, estão sendo utilizados tubos de polietileno de alta densidade, capazes de eliminar em 50% as perdas de água por infiltração no leito do canal, que antes era de terra.



Source link

Deixe uma resposta