Nobel de Física é concedido a estudos sobre buracos negros

0
119


Este ano, o Prmio Nobel de Fsica foi concedido a trs cientistas por seu trabalho envolvendo um dos mistrios mais sombrios do cosmos: os buracos negros.

Os premiados foram Roger Penrose, da Universidade de Oxford, Andrea Ghez, da Universidade da Califrnia em Los Angeles, e Reinhard Genzel, pesquisador do Instituto Max Planck para Fsica Extraterrestre.

De acordo com o comit, “Roger Penrose mostrou que a teoria geral da relatividade leva formao de buracos negros. Reinhard Genzel e Andrea Ghez descobriram que um objeto invisvel e extremamente pesado governa as rbitas das estrelas no centro de nossa galxia. Um buraco negro supermassivo a nica explicao atualmente conhecida”.

At o momento, Ghez a quarta mulher a ganhar o prmio desde sua criao, em 1901. As trs premiadas anteriormente foram Marie Curie em 1909, Maria Goeppert-Mayer em 1963 e Donna Strickland em 2018. “Eu levo muito a srio a responsabilidade de ser a quarta mulher a receber o Prmio Nobel. Espero poder inspirar outras jovens mulheres neste campo. uma rea com tantos prazeres. E se voc apaixonada por cincia, h tanto que pode ser feito”, disse.

Descobertas

Penrose conseguiu mostrar, usando modelos matemticos, que a prpria existncia dos buracos negros uma consequncia direta da Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein. Apesar disso, Einstein no acreditava que tais objetos – que devoram tudo, inclusive a luz – existissem.

Mesmo assim, sua teoria prev que a gravidade resulta da deformao do espao-tempo. Seguindo esse pensamento, objetos massivos conseguem colocar marcas csmicas neste tecido do espao-tempo de forma que impossvel evitar que tudo o que est ao redor caia nele.

Reprodu

Prmio foi concedido a cientistas que ajudaram a revelar informaes sobre buracos negros. Foto: Yu Jingchuan/Beijing Planetar

O que Penrose descobriu que no corao dos buracos negros existe um ncleo infinitamente denso chamado singularidade, em que as leis da natureza deixam de existir. Essa descoberta foi descrita em um artigo publicado pelo cientista que, segundo o comit, visto como a “contribuio mais importante para a viso geral da teoria da relatividade desde Einstein”.

Por sua vez, Ghez e Genzel revelaram o segredo do centro da Via Lctea. Em pesquisas separadas, ambos descobriram que algo no centro da galxia puxa aglomerados de estrelas e faz com que girem em velocidades muito altas.

Os dois no apenas previram a existncia de um buraco negro, mas desenvolveram mtodos de visualizao que lhes permitiria ver atravs de densas nuvens de gs e poeira interestelar. Por fim, isso fez com que a existncia de um buraco negro supermassivo no corao da nossa galxiafosse descoberta.

Penrose receber metade do prmio de 10 milhes de coroas suecas (R$ 6.3 milhes em converso direta), enquanto Ghez e Genzel dividiro a outra metade.

Via: Live Science





Source link

Deixe uma resposta