Dois grandes pedaços de lixo espacial podem colidir nesta quinta-feira

0
65

[ad_1]

Dois grandes pedaos de lixo espacial podem colidir nesta quinta-feira (15) no espao. De acordo com o LeoLabs, as chances de atrito superam 10%. O encontro ocorrer 991 quilmetros acima do Oceano Atlntico Sul, prximo costa da Antrtica. O fato mais um sinal de poluio do universo pelas mos do homem.

Segundo Jonathan McDowell, astrnomo e rastreador de satlites do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, um dos objetos envolvidos no evento pode ser o Parus (ou Kosmos 2004), extinto satlite de navegao sovitico. Tambm h possibilidade de que o outro destroo seja de um foguete chins.

Considerando a massa dos dois objetos, que de 2,8 quilos, e a velocidade em que esto viajando, de 52.950 km/h, a taxa de 10% de chance de coliso torna-se perigosa. “Este evento continua a ser de alto risco e provavelmente permanecer assim at o momento de maior aproximao”, tuitou oLeoLabs.

Depois do evento, est agendada uma “varredura em modo de busca” por parte do LeoLabs, que ter por objetivo revelar se o embate realmente aconteceu. McDowell afirma que se a coliso for executada, provavelmente resultar em um “aumento significativo (10 a 20%) no ambiente de entulho da LEO”, se referindo rbita terrestre baixa.

Lixo espacial

Eventos como o que pode ocorrer nesta quinta-feira esto se tornando cada vez mais comuns. Em 2009, o satlite de comunicaes operacional chamado Iridium 33 colidiu com o extinto satlite militar russo Kosmos 2251. O evento gerou 1,8 mil fragmentos rastreveis no espao.

Reprodu

Lanamento de satlites tornaram-se mais acessveis, o que deve continuar enchendo a rbita terrestre de objetos e, consequentemente, de lixo espacial. Crditos: Paul Fleet/Shutterstock

Alm disso, em 2007 e 2019, a humanidade gerou duas grandes nuvens de destroos por conta de testes espaciais realizados pela China e ndia, respectivamente. Ainda neste sentido, cabe frisar que apenas neste ano, a Estao Espacial Internacional foi obrigada a realizar trs manobras para evitar potenciais colises com lixo espacial.

E j que os custos para desenvolvimento e lanamento de satlites esto em baixa, a previso que a rbita da Terra fique cada vez mais lotada de destroos e outros objetos.

Fonte: Space



[ad_2]

Source link

Deixe uma resposta