- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
InícioNotíciasParque da Cidade coloca em prática o respeito ao próximo – Agência...

Parque da Cidade coloca em prática o respeito ao próximo – Agência Brasília


O Parque da Cidade é considerado o local mais democrático do Distrito Federal. O espaço recebe 100 mil pessoas, em média, aos finais de semana – gente de todas as localidades e idades. Não por acaso, foi um dos lugares escolhidos para abrigar obras de arte voltadas ao respeito às pessoas e suas opções sexuais e ainda para comemorar o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, celebrado em 28 de junho.

A intervenção artística faz parte do projeto Brasília Cidade-Orgulho e promove instalações em diversos pontos da cidade | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

São três espaços contemplados com as intervenções: a calçada que liga o Estacionamento 13 à pista de caminhadas, a ponte elevada e o parquinho Ana Lídia. As cores do Orgulho LGBTQIA+ (amarelo, azul, laranja, verde, vermelho e roxo) estão colorindo 72 metros de comprimento da calçada, partindo do Estacionamento 13 até a pista de caminhadas. A pintura vai ficar permanentemente no caminho.

A ponte elevada ganhou dois portais, um em cada extremidade, em forma de arco-íris. A estrutura, com as cores do movimento LGBTQIA+, tem cerca de 3 metros de altura e 4 metros de largura. O parque infantil Ana Lídia, por sua vez, recebeu um jogo da amarelinha bem colorido também.

“Todas as tribos frequentam o Parque da Cidade. São todos bem-vindos. Esse é um espaço público seguro e onde o respeito à diversidade é primordial”, atesta o administrador do Parque da Cidade, Silvestre Rodrigues da Silva.

“Todas as tribos frequentam o Parque da Cidade. São todos bem-vindos”, explica o administrador do Parque da Cidade, Silvestre Rodrigues

Não ao preconceito

A intervenção artística no Parque da Cidade faz parte do projeto Brasília Cidade-Orgulho, que vai fazer diversas instalações na cidade. O objetivo é reforçar a mensagem de respeito e contra o preconceito à categoria LGBTQIA+.

As molduras com a frase “Eu me orgulho” têm 2,60m x 2,60m e estão instaladas na Esplanada dos Ministérios, Museu da República, Torre de TV e Ponte JK. As bordas ostentam as cores do Orgulho LGBTQIA+. O público poderá subir e entrar na moldura para se enquadrar com os pontos turísticos e, assim, fazer suas fotos.

Na Torre de TV, cada degrau da escadaria, de 20 metros de comprimento, terá sua lateral colorida por adesivos nas seis cores. A exemplo do ano passado, o Congresso Nacional também será iluminado com o arco-íris LGBTQIA+.

“O projeto foi pensado para atender todos os cuidados que a pandemia exige, como o distanciamento social e incentivo ao uso de álcool gel, e sintonizado com o espírito do tempo. As experiências são altamente ‘instagramáveis’, como estratégia, para que fluam para o meio digital e envolvam, inclusive, as pessoas que estão em casa”, explica o idealizador do projeto, Igor Albuquerque.



Source link

Notícias Relacionadas
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -