- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
InícioNotíciasSLU certifica quase 100 residências e condomínios por coleta seletiva – Agência...

SLU certifica quase 100 residências e condomínios por coleta seletiva – Agência Brasília


A partir desta quarta-feira (23), o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) entregará 99 certificados para residências e condomínios que acertaram na coleta seletiva. A ação faz parte da campanha Cartão Verde, que busca melhorar a separação dos resíduos e aumentar o índice de reciclagem no Distrito Federal.

O certificado é entregue aos moradores ou condomínios que receberam três cartões verdes ao longo das três semanas ou terminaram a campanha recebendo cartão verde, o que mostra evolução na coleta seletiva| Foto: SLU/Divulgação

A certificação finaliza a sexta etapa da campanha, que foi realizada na Asa Norte, em Taguatinga e Águas Claras. Ao longo das próximas semanas, condomínios e residências dessas regiões que separaram corretamente o lixo serão premiados. O primeiro condomínio a receber o certificado foi o Portal das Hortênsias, localizado na quadra 105 de Águas Claras.

“O condomínio está de parabéns por separar os resíduos da maneira correta. Assim, estamos evitando que muitos desses resíduos recicláveis sejam aterrados. Separados corretamente, eles geram renda aos catadores, pessoas que necessitam desse recurso”Silvio Vieira, diretor-presidente do SLU

O diretor-presidente do SLU, Silvio Vieira, fez questão de ir ao local entregar pessoalmente o certificado, juntamente com as equipes de mobilização da autarquia e da empresa Suma, prestadora de serviços ao SLU. “O SLU está muito contente por estar aqui hoje. O condomínio está de parabéns por separar os resíduos da maneira correta. Assim, estamos evitando que muitos desses resíduos recicláveis sejam aterrados. Separados corretamente, eles geram renda aos catadores, pessoas que necessitam desse recurso”, destacou o diretor-presidente do SLU.

O encarregado geral do condomínio, Clemilton Santana, recebeu o certificado e ressaltou a qualidade do serviço de coleta prestado pelo SLU. “Quero agradecer o SLU pelo certificado que estão nos dando pelo nosso trabalho de separação do lixo, e também pelo excelente trabalho feito pelo serviço de coleta aqui na região”, disse.

Desde o início da campanha, 842 residências e condomínios qualificaram-se para receber o certificado. De acordo com Nayara Rocha, coordenadora de mobilização da Suma, boa parte das residências e condomínios melhoram a qualidade da coleta seletiva ao longo da campanha. “Normalmente, os condomínios maiores tem mais dificuldade na coleta seletiva pois têm muitas unidades, como prédios ou casas. A gente observa que os condomínios menores têm mais facilidade. A campanha é importante exatamente para reforçar essa orientação sobre a coleta seletiva”, explicou.

Só em 2021 já foram aplicados 1.723 cartões, sendo 677 verdes, 552 amarelos e 494 vermelhos

A campanha Cartão Verde

A certificação é a última etapa da campanha, que é realizada durante quatro semanas. Na primeira, as equipes de mobilização passam na cidade avisando síndicos e moradores sobre o início da operação. Nas três semanas seguintes, os garis da coleta seletiva avaliam e adesivam as lixeiras e contêineres. Quem faz a separação correta do lixo recebe cartão verde. Aqueles que separam parcialmente, ou seja, ainda misturam alguns recicláveis e orgânicos, recebem cartão amarelo. Já quem não faz nenhuma separação recebe cartão vermelho.

O certificado é entregue aos moradores ou condomínios que receberam três cartões verdes ao longo das três semanas ou terminaram a campanha recebendo cartão verde, o que mostra evolução na coleta seletiva. Quem receber três cartões vermelhos será notificado pela Secretaria DF Legal, que estipulará prazo para correção. Se persistir no erro, o morador ou condomínio poderá ser multado.

As regiões que participam das etapas da campanha Cartão Verde são escolhidas pelo SLU com base em critérios técnicos de qualidade da coleta seletiva. Iniciada em 2020, a campanha já passou por Águas Claras, Asa Norte, Ceilândia, Gama, Guará, Noroeste, Recanto das Emas, Sudoeste, Sobradinho e Taguatinga. Só em 2021 já foram aplicados 1.723 cartões, sendo 677 verdes, 552 amarelos e 494 vermelhos.

 

*Com informações do SLU



Source link

Notícias Relacionadas
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -