Muralha salva 2 pênaltis e leva Mirassol à semifinal do Paulista

0
110


O Mirassol repetiu o feito histórico de 2020 e chegou novamente à semifinal do Campeonato Paulista. Nesta quarta-feira (12), o Leão da Alta Araraquarense derrotou o Guarani por 4 a 3, nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal no estádio José Maria de Campos Maia, o Maião.

Criticado no passado por normalmente cair para o mesmo lado em cobranças de pênalti, como na final da Copa do Brasil de 2017, quando ainda defendia o Flamengo, Alex Muralha foi o protagonista da noite. O goleiro de 31 anos defendeu duas cobranças do Bugre, uma em cada canto, e foi decisivo na classificação.

O atual campeão da Série D do Campeonato Brasileiro aguarda a definição dos confrontos restantes das quartas de final para saber quem terá pela frente. Na sexta-feira (14), o São Paulo recebe a Ferroviária, às 21h (horário de Brasília), no Morumbi. O Tricolor será o rival mirassolense na semifinal se avançar. Caso a Ferrinha se classifique, o adversário do Leão será o Corinthians. Nos dois casos, a equipe do interior disputará vaga na final jogando fora de casa.

Os primeiros 45 minutos no Maião estiveram abaixo do esperado pelo que as equipes apresentaram na primeira fase. O Guarani diminuiu os espaços de movimentação do Mirassol, que escancarou nervosismo e acumulou cartões amarelos (três). Não significa, porém, que o Bugre estivesse superior em campo. A única chance, nem tão clara assim, foi um arremate, da intermediária, do volante Rodrigo Andrade, que passou perto da meta de Muralha.

O duelo seguiu tenso e com baixo nível técnico após o intervalo. A primeira oportunidade real surgiu aos 16 minutos, em chute cruzado do atacante Diego Gonçalves, que o goleiro Rafael Martins (que saiu jogando errado na origem do lance) se esticou à esquerda para salvar. A resposta bugrina veio aos 39, com batida do atacante Andrigo, de fora da área, próxima à trave do Mirassol.

Nos pênaltis, Muralha brilhou. O goleiro defendeu a terceira e a quarta cobrança do Guarani, que saíram, respectivamente, dos pés do zagueiro Airton e do lateral Pablo. O volante Neto Moura mandou a quarta batida do Mirassol na trave e manteve o Bugre vivo. O zagueiro Thales até abriu a quinta e última série balançando as redes, mas o meia Cássio Gabriel fechou o marcador em 4 a 3, classificando o Leão.





Source link

Deixe uma resposta